domingo, janeiro 27, 2013

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto


Há 68 anos, no dia 27 de janeiro de 1945, as tropas soviéticas libertavam o campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, o mais terrível e maior campo de extermínio nazi. Instituído através da resolução 60/7 de 01 de novembro de 2005, pela Assembleia-Geral da ONU, o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto incentiva a sociedade civil a promover a memória do Holocausto para que as gerações futuras não repitam os erros do passado. Nesse mesmo ano, o Parlamento Europeu estabeleceu também o dia 27 de janeiro como o Dia Europeu de Memória do Holocausto.
Neste dia recordam-se as vítimas do Holocausto, em particular os seis milhões de mortos judeus, para que nunca mais seja possível o horror que aconteceu há 68 anos.
Um dia de defesa da memória para que imagens como estas nunca mais se repitam. O Holocausto é um dos momentos mais negros da História da Humanidade que não podemos nem devemos esquecer. Ignorar ou negar este período tenebroso do século XX é compactuar com o ódio, a intolerância, o preconceito, a discriminação e o racismo que levaram ao genocídio de cerca de seis milhões de seres humanos.
Na Biblioteca da Escola está patente, por estes dias, uma exposição de recursos existentes no fundo documental relativos a esta temática. Sob o lema Ler para não esquecer estão expostos livros e DVD que abordam a temática do Holocausto, de diferentes pontos de vista. O objetivo é não só divulgar estes recursos mas também recordar um dos acontecimentos mais negros da história do século XX. 


O catálogo desta mostra fica aqui disponível.

Sem comentários: