quarta-feira, janeiro 26, 2011

Blog de António Fonseca


O António Fonseca, que há alguns dias tivemos o privilégio de ter entre nós na memorável actuação com o reconto performativo dos cinco primeiros Cantos de Os Lusíadas, tem um blog em que divulga este seu trabalho
Disponível em


terça-feira, janeiro 25, 2011

António Fonseca declama Os Lusíadas em Amares

No passado dia 20 de Janeiro, o actor António Fonseca esteve na nossa Escola, numa actuação com um reconto performativo dos cinco primeiros Cantos de Os Lusíadas. A iniciativa, da responsabilidade da Biblioteca, proporcionou um momento único a mais de 200 alunos de 9º e 12º anos, que têm vindo a estudar a obra de Camões. Durante duas horas, António Fonseca declamou, de memória, extractos dos cinco primeiros cantos de Os Lusíadas, interpretando os seus personagens, relatando momentos, explicando passagens, explicitando partes para os alunos, mantendo-os “presos” a um texto, tantas vezes de difícil compreensão para os mais jovens.

A performance do actor maravilhou os alunos que ouviram em silêncio atento a declamação, apenas interrompida pelos risos provocados por Fonseca, culminando num longo, espontâneo e entusiasmado aplauso final.

Numa interpretação reveladora da obra cuja leitura não é fácil, muitos alunos declararam, no final, o seu profundo agrado e uma renovada curiosidade pelo texto de Camões.

A actuação de António Fonseca é magistral e este constituiu, sem dúvida um momento único que, por certo, perdurará, por muito tempo, na memória daqueles que tiveram o privilégio de a ela assistir.


António Fonseca diz Os Lusíadas na nossa Biblioteca



CONCURSO NACIONAL DE LEITURA


Foi fascinante ver os nossos alunos entrarem na nossa Biblioteca, à hora marcada, livro na mão, dispostos a partilhar as suas leituras com colegas e professores!

Uma partilha que decorreu nos dias 12 e 13 de Janeiro à tarde, promovida pela

Biblioteca/CRE da nossa escola no âmbito do Plano Nacional de Leitura e destinada a seleccionar três leitores da ESA, de cada ciclo de estudos, para nos representarem na 2ª fase do Concurso Nacional de Leitura.

O Concurso Nacional de Leitura, promovido pelo Plano Nacional de Leitura em articulação com a RTP, com a DGLB/Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas e com a Rede de Bibliotecas Escolares, visa promover a leitura nas escolas de uma forma lúdica e estimular a prática da leitura entre os alunos do Ensino Secundário e do 3º ciclo do Ensino Básico e decorre em três fases distintas: 1ª fase – eliminatórias a realizar nas escolas; 2ª fase – finais distritais; 3ª fase – final nacional. Esta eliminatória contou com a participação de alunos de todos os anos escolares e decorreu em ambiente de grande descontracção, em que cada um dos participantes verbalizou as impressões recolhidas e guardadas pela leitura do seu livro, tendo feito também, um breve registo escrito. As escolhas literárias eram verdadeiramente ecléticas e a partilha dividiu-se entre Sophia de Mello Breyner e Kafka, José Saramago e Luís Sepúlveda, ManuelAlegre e Vítor Hugo, Gabriel Garcia Marquez e Camilo Castelo Branco, entre o romance de aventuras e o conto, entre a autobiografia e a ficção, para referir só alguns.

Os escolhidos, após muita ponderação, foram, no 3º Ciclo, a Juna Fernandes (7ºB), a Ana Luísa Amaro e a Silvy Dias (9ºA); no Ensino Secundário os seleccionados foram a Rita Pereira (10ºC), o Jorge Rodrigues (11ºA) e o Ricardo Costa (12ºC). Os vencedores mas também todos os participantes estão de parabéns.

Foi uma experiência plural que deixou uma vontade: promover mais momentos de partilha de leituras, mais encontros informais em que cada um diga do que leu e gostou, do que leu e não gostou, do que leu e sentiu, do que leu e não percebeu... sem juízos de valor, porque não há bons nem maus leitores, boas nem más leituras! Há leitores e há livros!

Fica, então, combinado? VAMOS LER!

Leonor Alves

Feira do Livro




Para proporcionar a aquisição de livros para o Natal, a Biblioteca promoveu nos dias 15, 16 e 17 de Dezembro uma Feira do Livro. Sob o lema “Quando oferecemos um livro, oferecemos um presente e oferecemos Futuro”, a iniciativa decorreu em paralelo com a Exposição/Feira do Atelier de Artes e foi um significativo êxito de visitas e mesmo em termos de vendas. O funcionamento da Feira foi assegurado pelos alunos dos cursos profissionais de Secretariado e de Eventos, que garantiram um atendimento impecável.

Por entre as centenas de títulos disponibilizados, destacavam-se as novidades editoriais mais recentes e também a literatura mais vocacionada para os jovens: os romances, as histórias do fantástico – com as histórias de vampiros a liderar as preferências - e os livros de curiosidades. No top de vendas ficou, em primeiro lugar o último livro de José Rodrigues dos Santos, O anjo branco, seguido de Diário de um banana e de Memorial do convento, de José Saramago.

A Feira constituiu, sem dúvida, um momento interessante de divulgação do livro e da leitura. Oferecer um livro é oferecer um presente e oferecer Futuro!

quinta-feira, janeiro 20, 2011

Maratona de leitura de evocação do aniversário de José Saramago

No dia 16 de Novembro , em dois momentos do dia, às 10 e as 15 horas, num período de noventa minutos, foi levada a cabo, em parceria entre a Biblioteca e a turma do 12ºC, uma nova homenagem ao autor José Saramago, através de uma maratona de leitura da sua obra e dos seus registos. Toda a comunidade escolar teve a sua representação, com a participação de professores, alunos e funcionários.

A comemoração iniciou-se com a visualização de um pequeno filme com citações do autor. Seguiu-se, então, a leitura, por parte dos Discípulos de Saramago, um grupo de alunos do 12ºC que pretendeu evocar a memória do autor em Área de Projecto, de uma autobiografia de José Saramago – elaborada em 2008 -, sendo que mais elementos da turma participaram. Após um discurso do autor lido pela professora Ana Forte, responsável pela coordenação das actividades, foi iniciada a maratona de leitura de extractos de obras de José Saramago.

O silêncio é o melhor aplauso (José Saramago).

O Grupo de Jornalismo do 12ºC

MIBE - MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR

Neste mês de Outubro estamos a assinalar, como sempre acontece, o Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Aqui ficam o cartaz e o marcador ...