quarta-feira, junho 19, 2013

MEMÓRIA (também digital) DO MUNDO

A UNESCO selecionou o Diário da primeira viagem de Vasco da Gama à Índia, entre 1497 e 1499, para integrar a lista dos Registos da Memória do Mundo desta organização. O diário, de autoria atribuída a Álvaro Velho, está depositado na Biblioteca Municipal do Porto, vindo do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, de onde transitou, em 1834, por iniciativa de Alexandre Herculano. Trata-se de um documento fundamental para o conhecimento da viagem de Vasco da Gama e do processo de abertura do mundo que ela inaugurou. integravam o Registo Memória do Mundo. Desta lista já faziam parte, por exemplo, a carta de Pêro Vaz de Caminha ao rei de Portugal D. Manuel I sobre a chegada ao Brasil, de 1 de maio de 1500 e o Tratado de Tordesilhas, de 7 de junho de 1494,

Sendo um documento precioso está, hoje, como tantos outros, graças aos arquivos e bibliotecas digitais, acessível a todos no sítio das Bibliotecas Municipais do Porto - 

Para os que tiverem mais dificuldades em termos paleográficos, podem ler uma transcrição do texto no número 23 da série HALP (Dezembro de 2002) do Boletim dos Serviços de Bibliotecas e Apoio à Leitura da Fundação Calouste Gulbenkian. Disponível na Biblioteca da ESA, em suporte papel,  e em http://www.leitura.gulbenkian.pt/boletim_cultural/files/HALP_23.pdf

quinta-feira, junho 13, 2013

FERNANDO PESSOA - 125 ANOS


Assinalam-se hoje, 13 de junho, 125 anos do nascimento de Fernando Pessoa (13 de Junho de 1988 – 30 de Novembro de 1935) , esse nome maior da literatura de Portugal e da nossa língua, a nossa pátria, como ele a designou. 
Para marcar este dia recordamos aqui dois sítios na web que são excelentes recursos, de referência, sobre a vida e obra de Pessoa e dos seus heterónimos. Muito úteis também para os mais jovens conhecerem melhor o poeta e acederem a inúmeros recursos sobre ele. 
O primeiro, o portal MultiPessoa que pretende responder às necessidades de quatro principais tipos de destinatários: público em geral; alunos do ensino secundário ou leigos; professores do ensino secundário e alunos e professores universitários. Estruturado em vários níveis de complexidade, o programa presta-se a ser utilizado por públicos diversos, em ambiente doméstico, escolar ou universitário. Pode ser utilizado individual ou colectivamente, em sala de aula, sendo acompanhado de um Manual de Apoio ao Professor. O portal MultiPessoa apresenta três vertentes principais: o Labirinto, componente educacional de iniciação à obra de Pessoa, destinada a leigos ou estudantes, e associada a uma componente lúdico-didáctica; o Arquivo Pessoa, base de dados da maior parte da obra pessoana, com capacidades de pesquisa de texto complexas; uma colecção de textos de crítica literária sobre Pessoa, para aprofundamento de temas.
O segundo, o sítio da Casa Fernando Pessoa, com variada informação sobre a vida e obra do autor mas também de outros poetas.
Fica ainda a ligação ao ebook da primeira edição da Mensagem, disponibilizada pela Biblioteca Nacional. Publicado em 1934 pela Parceria António Maria Pereira, o livro foi contemplado no mesmo ano com o Prémio Antero de Quental, na categoria de «poema ou poesia solta», do Secretariado da Propaganda Nacional, dirigido por António Ferro,

segunda-feira, junho 10, 2013

DIA DE PORTUGAL

Neste Dia de Portugal de 2013, assinalado em tempos conturbados e de grande incerteza, deixamos aqui duas sugestões de leitura (mesmo que uma leitura rápida) que nos permitem um olhar mais crítico, uma análise mais sustentada, e uma reflexão mais ponderada sobre o nosso país.
São dois livros, gratuitos, em formato digital, acabados de sair, e que nos permitem compreender melhor o país que somos, a situação em que estamos, como aqui chegamos, mas também perspetivar o futuro que queremos.
A Fundação Francisco Manuel dos Santos (que disponibiliza a muito útil Base de Dados PORDATAhttp://www.pordata.pt/) na continuação do seu trabalho rigoroso de recolha e disponibilização de dados factuais, meios de informação, elementos de estudo da sociedade e instrumentos fidedignos de conhecimento da realidade portuguesa, acaba de publicar estas duas novas edições, disponíveis gratuitamente no seu sítio da Internet - http://www.ffms.pt/

O primeiro livro, Retrato de Portugal PORDATA, Indicadores 2011(junho 2013), apresenta em resumo os indicadores da sociedade portuguesa contemporânea desde 1960 até 2011, com introdução de algumas referências ao ano de 2012. Números que contam a nossa história mais recente e nos permitem uma reflexão e uma discussão mais sustentadas sobre Portugal

O segundo, 25 Anos de Portugal Europeu - A economia, a sociedade e os fundos estruturais (maio de 2013) é um longo trabalho, com mais de 500 páginas, coordenado pelo Professor Augusto Mateus e que faz uma análise sobre o desenvolvimento da economia e da sociedade portuguesas, ao longo dos primeiros 25 anos de integração na União Europeia. Apresenta a evolução de Portugal perante a União Europeia em cinquenta indicadores, analisa os fundos estruturais que Portugal recebeu e faz uma interpretação do caminho percorrido.

sexta-feira, junho 07, 2013

LIVRO DE PONTO


Fizemos hoje o lançamento do Livro de Ponto, a primeira publicação do novo Agrupamento de Escolas de Amares, nascido há cerca de um ano. Com esta edição procura-se registar novas formas de trabalho conjunto, perspetivando novos caminhos de colaboração e novos espaços de encontro. Entendeu-se que era importante deixar preservado um conjunto de textos que ao longo do último ano letivo foram sendo produzidos pelos nossos alunos em diferentes contextos: em concursos, oficinas, iniciativas no âmbito da Semana da Leitura ou no quotidiano das salas de aula. Destaque especial para os textos surgidos no âmbito do Concurso Literário Sá de Miranda, já na sua quarta edição, do Concurso Conto Contigo, centrado na Solidariedade, o tema central da articulação deste ano, no Agrupamento, do Concurso A 4 Mãos, dinamizado na Semana da Leitura onde o tema foi o Mar, inspirador de verdadeiras ondas de poesia que aqui vieram dar. Os textos que agora se apresentam foram escritos por alunos que vão do 4º ano do ensino básico ao 12º ano do ensino secundário e, por isso, obviamente, são registos com características muito diferentes. Com esta Coletânea de Textos Literários pretende-se dar incentivo às boas práticas de escrita (e leitura) que se vão desenvolvendo nas nossas escolas, nomeadamente no 1º ciclo, nas disciplinas da área de Língua Portuguesa e nas Bibliotecas Escolares. O livro está agora à venda para toda a comunidade educativa. A sessão de lançamento contou com a presença do Presidente da CAP, Pedro Cerqueira e na ocasião foram lidos, pelos próprios, alguns textos dos alunos.



MIBE - MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR

Neste mês de Outubro estamos a assinalar, como sempre acontece, o Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Aqui ficam o cartaz e o marcador ...