quinta-feira, março 04, 2010

Das Leituras

Um grupo de alunos do 9ºE, orientados pela professora Aurélia Mota, produziu este texto partindo da leitura, no âmbito do PNL, do livro Sempre do teu lado, da autoria de Maria Teresa Maia González
Ufa…! Foi só um sonho!
Num belo dia de chuva, Gui, sua namorada Gisela e o seu melhor amigo Qriz, foram para o campo recolher as colheitas de Fevereiro. De repente ouve-se Gisela a gritar.
Gui muito atrapalhado olhou para trás e não viu a sua namorada. Ficou assustado!
Gui - Oh Qriz onde está a Gisela?
Qriz - (entre soluços) - Não sei!
Gui correu em direcção ao tractor e reparou que a sua namorada estava completamente esmagada por uma roda do veículo.
Chegou o Inem para retirar o corpo mas era tarde demais. Gui ficou destroçado porque tinha acabado de perder a sua namorada, quase noiva, pois ele ia pedi-la em casamento nessa noite. Que ia ser deste pobre hamster? Completamente só, Gui não viu outra saída…para tentar esquecer o trágico acidente, resolveu começar a beber para afogar as mágoas.
A partir dali a sua vida mudou completamente. Numa noite, ao jantar, a mão do Gui, dona Palmira tentou falar com ele, sobre uma ideia que tinha para tentar trazer o seu filho de volta. Essa ideia era ele ir a consultas de alcoólicos anónimos.
Gui lançou um olhar assustador e disse:
- Deves tar mocada, oh cota! Deu um murro na mesa e levantou-se.
Fechou-se no quarto e pôs a lamentar-se a sua vida miserável e jurou a si mesmo, naquele momento, que iria matar o seu amigo pois ele culpava-o da morte de Gisela. Vestiu o seu casaco de cabedal, pôs os seus óculos de sol e foi na sua vespa ter a um bar de drogados, onde foi falar com o chefe de tráfico de armas daquelas redondezas.
No dia seguinte já tinha a sua arma nas mãos. Apanhou a carreira e foi à casa do Qriz, mas ele não estava.
Sentou-se numa escada e esperou, mas como ele nunca mais voltava, resolveu ir a um supermercado buscar algo para beber. Como não tinha dinheiro, pegou numa garrafa de whisky e pôs-se a andar sem pagar. O dono do supermercado ainda tentou ir atrás dele, mas tropeçou e nunca mais o viu. Ao longe, viu o Qriz a chegar e correu em sua direcção dizendo:
- Temos que falar!
- Ya, tasse bem mano entra!
- Senta-te, põe-te à vontade!
- Não é preciso, eu vou ser rápido! Olha nem penses que matas a minha miúda e te ficas a rir, oh palhaço!
- Não entendo o que estás a dizer.
- Ah não entende, também não precisas!
Sacou a arma e deu-lhe um tiro mesmo no centro da testa.
Ao sair já tinha um exército de bófias à espera dele.
- Senhor Guilherme Carrapicinho está preso por roubo e por ter assassinado uma pessoa.
Além de tudo o que aconteceu a este ratinho, ainda ia ser preso!
Há gente, neste caso ratos, com muito azar na vida!
Já na esquadra, o agente anunciava a pena de prisão ao Gui.
-Senhor Guilherme irá ficar preso durante 45 anos por ter roubado, assassinado uma pessoa, e possuir uma arma ilegal!

45 Anos depois…

Tinha finalmente chegado o dia! Gui saía da prisão e chegou a uma conclusão: ia seguir com a sua vida!
Parece que este tempo todo na prisão o fizera abrir os olhos! Arranjou um emprego, começou a assistir a consultas dos alcoólicos anónimos, onde conheceu uma paciente que também tinha o mesmo trauma: a bebida. Começaram a conversar, a sair juntos, tornaram-se muito amigos até que Gui, numa noite, ganhou coragem e pediu a Papoila em namoro e, é claro, que ela aceitou!
Até que enfim aquele hamster arranjara uma vida feliz e reencontrara o amor.
De repente, Gui acordou muito sobressaltado e pensou:
- Ufa…! Foi só um sonho…!
Claro que este hamster teve uma vida feliz, não ao lado da sua papoila, mas da sua querida Gisela que lhe deu várias ninhadas de filhotes!


FIM

Rita, Miguel Ângelo e Tânia, 9º E

Sem comentários:

MIBE - MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR

Neste mês de Outubro estamos a assinalar, como sempre acontece, o Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Aqui ficam o cartaz e o marcador ...