segunda-feira, junho 10, 2013

DIA DE PORTUGAL

Neste Dia de Portugal de 2013, assinalado em tempos conturbados e de grande incerteza, deixamos aqui duas sugestões de leitura (mesmo que uma leitura rápida) que nos permitem um olhar mais crítico, uma análise mais sustentada, e uma reflexão mais ponderada sobre o nosso país.
São dois livros, gratuitos, em formato digital, acabados de sair, e que nos permitem compreender melhor o país que somos, a situação em que estamos, como aqui chegamos, mas também perspetivar o futuro que queremos.
A Fundação Francisco Manuel dos Santos (que disponibiliza a muito útil Base de Dados PORDATAhttp://www.pordata.pt/) na continuação do seu trabalho rigoroso de recolha e disponibilização de dados factuais, meios de informação, elementos de estudo da sociedade e instrumentos fidedignos de conhecimento da realidade portuguesa, acaba de publicar estas duas novas edições, disponíveis gratuitamente no seu sítio da Internet - http://www.ffms.pt/

O primeiro livro, Retrato de Portugal PORDATA, Indicadores 2011(junho 2013), apresenta em resumo os indicadores da sociedade portuguesa contemporânea desde 1960 até 2011, com introdução de algumas referências ao ano de 2012. Números que contam a nossa história mais recente e nos permitem uma reflexão e uma discussão mais sustentadas sobre Portugal

O segundo, 25 Anos de Portugal Europeu - A economia, a sociedade e os fundos estruturais (maio de 2013) é um longo trabalho, com mais de 500 páginas, coordenado pelo Professor Augusto Mateus e que faz uma análise sobre o desenvolvimento da economia e da sociedade portuguesas, ao longo dos primeiros 25 anos de integração na União Europeia. Apresenta a evolução de Portugal perante a União Europeia em cinquenta indicadores, analisa os fundos estruturais que Portugal recebeu e faz uma interpretação do caminho percorrido.

Sem comentários:

MIBE - MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR

Neste mês de Outubro estamos a assinalar, como sempre acontece, o Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Aqui ficam o cartaz e o marcador ...